quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Ciberataque global o principal suspeito é a China

Especialistas em segurança descobriram a maior série de ciberataques, que vem acontecendo desde 2006 envolvendo a infiltração das redes de 72 organizações, incluindo as Nações Unidas, governos e empresas ao redor do mundo.
Veja na imagem quem sofreu os ataques
A empresa de segurança McAfee on-line acusa a China de montar uma operação de cinco anos de hacking que roubou segredos industriais e nacionais em uma escala sem precedentes, depois de uma investigação  descobriu-se uma falha de segurança internacional enorme.
A espionagem foi apelidada de "RAT Operação Shady", ou "ferramenta de acesso remoto" pela McAfee

Segundo Dmitri Alperovitch - Vice-presidente de Pesquisa de Ameaças da McAfee " O que temos assistido nos últimos 5-6 anos tem sido nada menos do que uma transferência de riqueza sem precedentes históricos guardados a sete chaves - segredos nacionais (incluindo as redes de governo classificados), o código-fonte, bancos de dados de bugs, arquivos de e-mail, os planos de negociação e os detalhes de exploração para óleo novo e leilões campo de gás, lojas de documentos, contratos legais, configurações SCADA, esquemas de design e muito mais...
...a perda representa uma enorme ameaça económica, não apenas para as empresas individuais e indústrias, mas para países inteiros que enfrentam a perspectiva de diminuição do crescimento econômico em uma paisagem mais competitiva e a perda de empregos nas indústrias, que perder para os competidores sem escrúpulos de outra parte do mundo, para não mencionar o impacto de segurança nacional da perda de inteligência ou informações de defesa.
...Com o objetivo de elevar o nível de conscientização pública hoje estamos publicando a análise mais abrangente, jamais revelada de perfis vítima de uma operação de cinco anos alvo de um ator específico..."

Algumas vitimas de ataques foram as Nações Unidas, o Comitê Olímpico Internacional (COI) e empreiteiros da defesa, tanto para o Reino Unido e EUA. Especialistas em segurança dizem que a escolha de alvos, como o Comitê Olímpico antes do Jogos Olímpicos de 2008, sugeriu Pequim foi o culpado mais provável.
"Tudo aponta para a China", disse James Lewis, especialista em segurança digital do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais que foi informado sobre o relatório, "Você pode pensar em pelo menos outros três grandes programas atribuída a China que se parecem muito semelhantes. É um padrão de atividade que vimos antes. "

As vítimas dos ataques foram rastreados todos para um servidor único, a McAfee disse em seu relatório de 14 páginas, que acrescentou que algumas redes, incluindo a do secretariado da ONU em Genebra, foi penetrada por dois anos pelo software malicioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um comentário, deixa suas impressões, faça uma perguntas e tire suas duvidas.
Será um prazer responder suas duvidas, sempre responderei todas na medida do possível.
Comentários que não se adequarem a politica do blog serão excluídos, segue abaixo motivos para exclusão:
# Usar palavras agressivas, palavrões ou qualquer tipo de ofensa.
# Mensagens qualificadas como Spam. Ex.: Propaganda não autorizada, a mesma mensagem repetida varias vezes, texto que não tenham nada haver com post ou com o blog e qualquer link malicioso.

Essas medidas são para a segurança de nossos visitantes.

Gostou? Compartilhe fácil.